Atingir o peso ideal

0

Comer é tudo de bom. Mas se alimentar de forma saudável e consciente pode ser tão bom, ou até mesmo, melhor do que comer sem limites.

Toda pessoa, por tabela, tem um peso normal, ou seja, o IMC. Para saber seu peso “certo” é bem simples e rápido. Só dividir o peso (em quilogramas) pela altura (em metros) ao quadrado e você encontrará o IMC. (existe vários sites que fazem esse cálculo automaticamente, só googlear).

Faça o calculo e veja na tabela abaixo em qual situação você se encontra.

Abaixo de 17 Muito abaixo do peso
Entre 17 e 18,49 Abaixo do peso
Entre 18,5 e 24,99 Peso normal
Entre 25 e 29,99 Acima do peso
Entre 30 e 34,99 Obesidade I
Entre 35 e 39,99 Obesidade II (severa)
Acima de 40 Obesidade III (mórbida)

 

Agora que você sabe onde está, e também sabe para onde deve mirar, deve criar alguns hábitos para um melhor rendimento nesse novo estilo de vida.

Praticar exercícios físicos pode se transformar em algo muito prazeroso. Soltar energia, se relacionar com outras pessoas, acrescentar um quê de competitividade no seu dia a dia, tudo isso são coisas que a nova pratica proporciona.

Se alimentar bem também. Uma boa dica para quem quer perder peso a longo prazo é ter conhecimento do que é saudável e saber o que está se ingerindo. Mas claro, não precisa se privar de ocasionalmente comer uma bobagem ou outra.

O processo de perda de peso, junto de reeducação alimentar e o hábito de praticar exercícios, pode ser algo muito satisfatório na vida de uma pessoa. Não só perder peso por aparência, mas também por saúde.  Física e mental.

Uma pessoa satisfeita consigo mesma vale mais que qualquer número de tabela. O IMC é apenas um guia para se basear. A verdade é que a satisfação está, antes de tudo, na cabeça da pessoa. O verdadeiro peso ideal é aquele que faz a pessoa se sentir bem consigo mesmo e também proporciona benefícios e prazeres ao longo da vida.

 

Compartilhe!


Deixe uma Resposta